Número total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dos Interesses Instalados

Hoje, dia 12 de Junho, e em contagem decrescente para uma greve de professores aos exames nacionais (que o Contra-Reaccionário saúda e deseja os maiores sucessos) soubemos de uma notícia que dá conta de que o Director do Agrupamento de Escolas de Carcavelos e ao mesmo tempo dirigente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP) veio a público dizer que tudo fará para que a greve dos professores não se realize, tendo convocado todos os professores da mesma escola (180) quando para a realização dos exames de dia 17 seriam necessários apenas 30. Mas esta decisão de um dirigente associativo merece ser escrutinada, já que os meios de comunicação não esclarecem quem é o Senhor Adelino Calado...

 Pois, o senhor Adelino Calado não é inocente no meio de toda esta política da troika e do governo na destruição do Ensino Público e de qualidade. Vamos então lá ver que ligações tem o director da ANDAEP a este governo.

Como Militante do PSD, e apoiante público de uma candidatura à câmara de Cascais como pode ser visto aqui e aqui,   é portanto um apoiante deste governo e cumplice desta política que todos os dias destrói empregos, destrói famílias e acaba com vidas. Prova-se que esta posição da ANDAEP não se trata de mais do que o juramento de fidelidade dos capatazes nomeados por este e por anteriores governos que a única coisa que defendem é a voz do dono e não o interesse do País, da Escola Pública, dos professores e dos alunos.Provávelmento nos próximos tempos e depois de tal juramento de fidelidade e amor eterno, existe a probabilidade de o ministro Nuno Crato o  nomear para qualquer cargo mais elevado dentro do Ministério por ele dirigido.


3 comentários:

  1. Este animal tem rosto de lambe - botas

    ResponderEliminar
  2. E porque não escrutinas os animais que convocaram a greve, quais as suas filiações políticas, etc.? Já não é importante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que eu saiba a greve visa defender o futuro dos docentes e o futuro dos alunos também, que é uma escola pública! Este animal como o senhor "anónimo" diz...é pelos vistos a favor do que o governo PSD/CDS pretende...uma escola para alguns ...e portanto um futuro decente para alguns.

      Eliminar