Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de julho de 2013

O que nos resta?

Este Domingo soubemos aquilo que já seria de esperar, Cavaco não demite o governo e a austeridade é para continuar e aprofundar. Ao mesmo tempo esta segunda-feira Passos Coelho já avisou que a vida não vai ser fácil. vamos de certeza ter mais austeridade, mais empobrecimento, mais desemprego, etc, ect, ect...
Então que nos resta fazer? Esperar pelas eleições autárquicas para se ver qual o efeito nos partidos do "arco da governabilidade"?? Esperar para ver se à imagem de Guterres o governo cai após um desastroso resultado eleitoral autárquico? Não!! Não podemos dar tréguas, nem esperar pacientemente que a solução nos caia no colo! Não podemos olhar para cima na esperança de surgir um qualquer D. Sebastião que nos tire desta situação! Não podemos esperar que os outros saiam à rua, demitam este governo e se procure melhores soluções! Não podemos!! O que temos de fazer com toda a força que tivermos é ir todos (e todas também) para a rua exigir a demissão desde governo, o fim da austeridade, acabar com a troika e construir uma alternativa realmente popular, que se preocupe com os interesses do povo e não com os interesses dos grandes empresários, banqueiros e capital nacional e internacional!
Portanto à pergunta "O que nos resta?" a resposta só pode ser uma, não parar e  apoiar todas as lutas justas!

Sem comentários:

Enviar um comentário