Número total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O talismã de um governo odiado

Eles não quiseram ir para São Bento no 15 de Setembro e acabam a manifestação na inócua praça de Espanha.Eles chamam vândalos a manifestantes agredidos pelas forças do regime no Chiado a 22 de Março de 2012.Eles convocam greves gerais de um dia de 6 em 6 meses.Eles queriam um arraial no dia 15 de Outubro de 2011 quando no resto do mundo em centenas de cidade se preparava aquela que viria a ser a maior manifestação mundial anti capitalista da História. Eles não condenam a carga policial violentíssima que levou tudo pelo frente, mesmo aqueles que não tinham atirado pedras aos policias.Eles não faziam manifestações ate Sao Bento, até a plataforma 15 de Outubro as fazer e depois voltaram a deixar de as fazer.Eles levam centenas de milhares a rua no 2 de março mas depois não esperam que as pessoas cheguem todas ao terreiro do paço e começam logo a desmontar palco e apagar luzes.Eles decidem que a melhor forma de dar continuidade ao 15 de Setembro é uma concentração em Belem numa sexta feira a tarde, um concerto na praça de Espanha um mês depois e uma greve geral 2 meses depois.Eles acham que vamos lá com uma manifestação de 6 em 6 meses.Eles acham que não deve haver assembleias populares nem tão pouco microfones abertos no final das Manifs. Eles abandonam a ponte quando se afigurava um protesto gigantesco que faria tremer o governo. Eles convocam arruadas para bem longe de Sao Bento quando o governo esteve por um fio após a demissão irrevogável de Portas.Eles abandonam manifs por si convocadas sem avisar os restantes organizadores.Eles caluniam,desencorajam,desmobilizam e nem sequer colam todos os cartazes que lhes são confiados. Eles são o obstáculo entre nós e a queda do governo.Eles são o último reduto do regime.Eles não querem que esta merda mude.Eles serão ultrapassados pelas massas, a História avançará sem eles.

Sem comentários:

Enviar um comentário