Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Em defesa da Constituição, da Democracia e do Estado Social

Parece que no próximo dia 21, vai haver uma espécie de comício chamado "Em defesa da Constituição, da Democracia e do Estado Social". Neste comício, que diz estar em defesa do Estado Social, da Constituição e da Democracia, serão promotores pessoas como Mário Soares, Alberto Costa ou Pacheco Pereira. E entre os convidados estarão personalidades como Freitas do Amaral ou António Capucho. Tudo personalidades que ou estiveram directamente ligadas à situação que chegámos e/ou deram aval às políticas efectuadas de destruição do Estado Social até aqui feito. Então e o que fez cada um quando teve responsabilidades?

Mário Soares - Chamou o FMI por 2 vezes e foi responsável pela entrada de Portugal na UE, sem qualquer salvaguarda;
Alberto Costa: Ministro da Justiça no primeiro governo Sócrates e ministro da Administração Interna no Governo Guterres;
Pacheco Pereira: Deputado do PSD em 4 legislaturas;
Freitas do Amaral: Foi ministro da defesa nos anos 80, deputado em algumas ocasiões e Ministro dos negócios estrangeiros do 1º governo Sócrates;
António Capucho: Ministro em 2 governos (IX e XI), Deputado (1980 - 1999);

Tudo em governos que tiveram responsabilidades no estado a que chegámos, seja em chamar o FMI, seja em Governos Cavaco Silva (seria moroso colocar aqui todo o role de responsabilidades de Cavaco Silva), Governo Guterres, seja como deputados ou como ministros em governos José Sócrates.

E são estas pessoas que nos conduziram até aqui e que atacaram de todos os modos a constituição, a democracia  e o Estado Social que agora pretendem vir defendê-lo? 



Sem comentários:

Enviar um comentário