Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Solidariedade com os trabalhadores da GroundForce


Ontem, dia 29 de Dezembro, os trabalhadores da groundforce sofreram uma traição impensável à primeira vista por um suposto "aliado". O sindicato SITAVA que "representa" os trabalhadores desta empresa de "handling" ocupou-se neste último mês em negociar (IMAGINE-SE!!!) a privatização da TAP e GroundForce. Como é possível que um sindicato em vez de defender os direitos dos trabalhadores desta empresa que estão muitas vezes com problemas, se preocupe em tentar negociar directamente com o comprador a venda de uma empresa Pública (semi-pública já)? A situação já era suficientemente gravosa se fossem apenas estes os factos que se passaram nos últimos tempos e em particular no dia de ontem, A situação piora quando os trabalhadores desta empresa tentam entrar na reunião em que estava a ser cozinhado este negócio (é o direito deles..é o emprego deles), e eis que os responsáveis do sindicato dizem que não há condições para continuar a reunião. No imediato chamam a polícia de intervenção para retirar os trabalhadores da sala (sim os que eles era suposto estarem a defender). Resta apelar a que se demitam estes dirigentes sindicais ou que o Senhor Carvalho da Silva tenha a dignidade de afastar quem tão mau nome continua a dar ao já enlameado nome dos sindicatos portugueses.

Por uma alternativa em que te revejas...dia 21 de Janeiro A RUA É TUA!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário